Lladró Topo de Bolo Porcelana

 

Nossa loja foi uma das primeiras a trazer os Topos de Bolo importados para o Brasil, mas tradição de colocar “noivinhos” no topo dos bolos de casamento é mais antiga do que você imagina!

 Tudo começou lá na Idade Média, na época em que começaram a utilizar os bolos com andares para as celebrações. Antes dos enormes bolos de vários andares que conhecemos hoje, eram os próprios convidados que levavam pequenos bolos para a festa, que eram amontoados e empilhados um em cima do outro. Se os noivos conseguissem se beijar sob a pilha de bolos sem cair, era um sinal de que a união daria certo e traria muitos filhos.

Algum tempo depois, lá pelo ano de XVII, a tradição de “empilhar bolos”, começou a se transformar nos bolos com três, quatro e até cinco andares com os quais estamos acostumados hoje. Os nossos “noivinhos” no topo do bolo, são uma referência à antiga tradição dos noivos se beijarem acima do bolo de casamento.

Os primeiros noivinhos de bolo da história surgiram no ano de 1840, na Inglaterra, no casamento da Rainha Vitória e do Príncipe Albert, que decidiram substituir os enfeites tradicionais de bolo por um casal de noivos que simbolizassem o amor, a união e a boa fortuna. Como qualquer casamento real, a celebração teve grande visibilidade e a novidade do bolo da rainha caiu nas graças da população.

Com o passar das décadas, os noivinhos de bolo foram sendo aperfeiçoados e a tradição pareceu ganhar ainda mais força nos casamentos ao redor do mundo. Hoje, os topos de bolo não se trata apenas de um “toque final”: eles são uma das tradições mais fortes em uma festa de casamento, representam o amor do casal, enfeitam o bolo e, de quebra, podem ser guardados como uma recordação muito especial do grande dia.

Não deixe o seu bolo de casamento vazio, ele é tão importante na sua decoração que merece todo o carinho e atenção aos mínimos detalhes.